EFE | JERUSALÉM
O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, deixou entrever neste domingo que a atual ofensiva militar contra a Faixa de Gaza se prolongará ainda vários dias, já que Israel não conseguiu ainda seus objetivos.
Em declaração no início da reunião dominical do gabinete, o chefe do governo, advertiu à população que esteja preparada para a possibilidade de os ataques continuarem além do início do ano escolar, previsto em Israel para a primeira semana de setembro.
Centenas de pessoas acompanham funeral em Gaza. A ofensiva israelense pode continuar até setembro, segundo o premiê do país Benjamin Netanyahu. EFE
Centenas de pessoas acompanham funeral em Gaza. A ofensiva israelense pode continuar até setembro, segundo o premiê do país Benjamin Netanyahu. EFE